quinta-feira, 10 de agosto de 2017

AVERSÃO, ABOMINAÇÃO E OBJURGAÇÃO, REPÚDIO, REPROCHE E REJEIÇÃO, MAS RAIVA, IRA E ÓDIO AINDA NÃO!

Joilson Gouveia*

1. Proêmio
Para ciência, deleite, introspecção, meditação e reflexão, ao ensejo, urge trazer à colação excertos de algumas frases, atribuídas a Abraham Lincoln, a saber:
·         Nenhum mentiroso tem uma memória suficientemente boa para ser um mentiroso de êxito”.
·         Podeis enganar toda a gente durante certo tempo; podeis mesmo enganar algumas pessoas todo o tempo; mas não vos será possível enganar sempre toda a gente.
·         Não fortalecerás os fracos, por enfraquecer os fortes. Não ajudarás aos assalariados, se arruinares aquele que os pagam. Não estimularas a fraternidade, se alimentares o ódio”.
·         Deus deve amar aos homens medíocres. Fez vários deles”.
Nesse sentido, especialmente quanto à mediocridade meridiana ou mediana de subliteratos, semianalfabetos e analfabetos funcionais que preferem opinar (expressar ou manifestar meras opiniões, palpites, pitacos, suspeições e suspeitas ou incertezas e desconfianças et al.)
 – Opinião é conceito de quem não tem ciência, conhecimento, saber, consciência, certeza e convicção em face das evidências irrefutáveis, irreprocháveis e indiscutíveis ou aferidos, atestados e comprovados fatos.
Uns preferem falar, dialogar e discutir sobre pessoas aos fatos ou preferem estes às ideias, ideais, pensamentos, ideologias e doutrinas, bem por isso, imperioso citar Simone de Beauvoir: “o opressor não seria tão forte se não tivesse cúmplices entre os oprimidos”; e, principalmente, ao inolvidável Albert Einstein, a saber:
·    Pessoas sábias falam sobre ideias, pessoas comuns falam sobre eventos e pessoas medíocres falam sobre pessoas”!;
·     Duas coisas são infinitas: o universo e a burrice humana. Mas a respeito do universo ainda tenho dúvidas”.
Entrementes, para encerrar ao preâmbulo, convém citar uma frase de autoria desconhecida que bem retrata a mixórdia, celeuma e imbróglio sobre o affair (evento anunciado e, infelizmente, ao ilustre personagem) trazido à liça pelo preclaro “Peninha”, em seu conceituado, respeitado e renomado Blog, a saber:
·         (...) na IstoÉ, há uma citação extraída da galeria de um presídio feminino paulista, que bem define a situação do “asceta de prístinas virtudes”, Luís LI – The Sir LILS, o virtuoso e “mais onesto dessepaiz”, a saber: “quem fala a verdade não precisa de advogadoquem fala meia verdade precisa de um, quem mente inteiro é bom ter dois”. Não há notícias de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha feito alguma visita a essa prisão, mas é muito provável que ele conheça os dizeres registrados naqueles muros." (Sic.) - Ou seja, se mentes pela metade, um advogado; se mentes inteiro, dois advogados. In http://gouveiacel.blogspot.com.br/2016/09/quem-fala-verdade-nao-precisa-de.html
2. Debalde Graçola Premiação Ou Galardão Em Vão
Ademais, sobre o laurel ou borla de doutor de propensa ou pretensa anelada láurea de seu magnífico reitor, que faz de uma universidade pública a sua privada, pessoal e particular, ao reconhecer graçola ao famigerado andarilho dessas plagas nordestinas e caetés, que figura como RÉU em seis outros processos-crimes nas esferas judiciais-criminais nacionais, mormente em Portugal, já sendo RÉU/CONDENADO, ao que já expressei nossa contrariedade, perplexidade e indignada aversão e abominação enquanto cidadão alagoano, a saber: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/08/doctor-horroris-causa.html.
Nada contra o sujeito, o indivíduo ou o reles elemento que é-o: um comum cidadão do povo, que maculou sua condição individual, pessoal e natural de um verdadeiro, autêntico e real nordestino simples, trabalhador, honesto e honrado, como havia sido e assim se dissera, apresentara e parecera, mas, sobretudo, às ideias, ideais e ideologias doutrinárias e partidárias desse andarilho berrante, mormente em suas manifestas ilações de apoio, defesa, anuência, concordância e militância em favor da “democrática e ‘amadurecida’ Venezuela chavista e à cubana castrista,” pela causa comunista.
Daí nossa indignação, aversão, abominação e objurgação, e não ódio, raiva ou iraódio e amor são sentimentos nobres para seres tão insidiosos, insipientes, vis, desprezíveis ou oprobriosos, inescrupulosos e criminosos -, mas sinto vergonha de mim por ter caído no ardiloso engodo do “lulalá”, especialmente por ter crido na “Ética na Política” e no “Xô corrupção” – desde então grafado sem a vírgula imprescindível – e naquela vinhetinha de João Santana em que “ratos devoravam nossa bandeira nacional”, que dizia combater à octogenária senhora corrupção e aos seus filhos corruPTos e corruPTores, comparsas, cúmplices e alimárias, quando fizera igual ou pior!
3. Contra Fatos Não Há Argumentos.
Ademais, além de dispor, desfrutar e ostentar a peso de ouro de uma bancada de mais de 20 “adEvogados”, para tentar se defender (às custas de quem não se sabe) das “perseguições injustas” (quando todos os seus “amigos” mais chegados ou mais próximos estão processados, julgados, condenados, presos ou de tornozeleiras nas canelas), mormente os “heróis” do partido da estrela, que é “revolucionário” – todo ele é ladrão, a saber:
·         Enfim, como bem destacara em N. do Org. 12, p. 493, da referida obra de Olavo de Carvalho, sobre o PT:
·        O PT é um partido ladrão porque é um partido revolucionário, filiado a uma tradição de amoralismo maquiavélico que, pelo menos desde a revolução Francesa, com intensidade crescente desde a Primeira Internacional de 1864 e mais ainda desde a fundação do Partido Social-democrata de Lenin, sempre achou que era seu direito e até sua obrigação, financiar a si próprio por meio de assaltos, de sequestros, de extorsões, de desvio de dinheiro público, bem como de uma infinidade de negócios capitalistas legais e ilegais, cujo volume total faria inveja a seus mais reacionários inimigos burgueses. (…) Revoluções custam caro. O revolucionário Parvus, que enriqueceu com mil e um negócios na Turquia, já ensinava em 1914: ‘A melhor maneira de derrubar o capitalismo é nós mesmos nos tornarmos capitalistas.’ Não foi lulinha quem descobriu essa fórmula. (…) Os ricos não serão destruídos pelo pobres. Serão destruídos pelos mais ricos”. [Olavo de Carvalho, “PT, o partido dos ricos”, Diário do Comércio, 21 de janeiro de 2008 –http://www.olavodecarvalho.org/semana/080121dc.html] In http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/06/quem-foi-que-inventou-o-brasil-ou-o.html na íntegra.
Ou, na verdade, talvez sinta dó, pena, condolência, comiseração, desdém, asco, nojo náuseas repugnantes e nauseabundas por ainda “ver, ouvir, ler e saber” que ditos dignos cidadãos e cidadãs decentes, honestos, honrados e trabalhadores se deixem encantar, ludibriar e enganar pelo “prestidigitador das Astúrias e Atibaia” (de 2010 a 2014 “visitou 270 vezes” o sítio sem dono ou de “amigos”), que se apropriara de bens republicanos, souvenirs, lembranças e presentes que jamais os recebera, que imputa à suposta finada a responsabilidade por todos e de todos os atos, desatinos, mandos e desmandos, feitos e desfeitos ou malfeitos, mesmo auferindo sua irrisória pensão de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) sem que se saiba onde tenha ela trabalhado, para auferir tamanha ninharia, e que o já aposentado do INSS e gratificado pelo óbolo indevido, impróprio, descabido e iníquo indenizado preso-político, pela graçola da CNV, haja vista que, à época, sua “prisão” se dera por excessos etílicos de ébrio desvairado e péssimo torneiro-mecânico, tornado incapaz ao trabalho por “perder” o mínimo, literalmente. Enfim, que simples trabalhador comum poderia ter um PGBL (plano de previdência privada) de ínfimos R$ 9.000.000,00 (Nove milhões de reais) – imagine-se se tivesse dez dígitos; sem trocadilhos!?
4. À guisa de conclusão.
Os fatos falam por si: é réu-condenado sim, e ponto final.
Aceitar suas vezeiras bazófias, bravatas e cantilenas, ladainhas, latomias, queixumes e litanias de perseguido, atoleimado ou que é odiado pelas zelites e “vítima da mídia golpista” – quando a “zelite encarnada, escarlate e vermelha” esteve no Poder nesses últimos quatro lustros-, e esbravejar, vociferar e bramir em defesa de ditaduras de tiranetes, caudilhos, pseudos-líderes e falsas democracias já é ser ignaro, agnóstico, ingênuo e ignorante em matéria, temas, assuntos, ideias, ideais, ideologias e doutrinas políticas abomináveis vestais, bem por isso têm e sempre terão minha aversão, abominação e objurgação, repúdio, reproche e rejeição, mas raiva, ira e ódio ainda não!
No mais, fico com a sabedoria popular retratada num dos mais adequados memes recentes: "Pior que um governo corruPTo é o cidadão que o defende" e "Não é honesto, nem decente um cidadão honrado e de bem defender ou votar no 'PT', por ser apologia ao crime"! Ou não?
Ah! A propósito quando e quantos, dos condenados do tal "partido", foram expulsos, como vociferado pelo seu presidente Rui Falcão? In http://gouveiacel.blogspot.com.br/2016/11/o-temor-do-temido-temer-nao-e-justo.html
Abr

*JG



Nenhum comentário:

Postar um comentário