sexta-feira, 30 de junho de 2017

AÇOITANDO CAVALO MORTO (?)

Joilson Gouveia*

O silêncio midiático nacional parece ecoar no rincão local e localizado no renomado blog caetés, ou seria leve impressão? Ao que se denota desde janeiro figura diária e semanalmente nesse espaço assaz visitado, lido e comentado; ou não?
Diz-se que “não seve açoitar cavalo morto”; é bem verdade! Mas, também, superestimar ou valorar e valorizar decaídos “perdedores” se antolha não querer sepultar o moribundo equino; ou não?
Ademais, insinua-se ser o povo do interior a sua salvação, o que é (ou seria) desmerecer o cidadão interiorano como se fora desprovido de conhecimento, ciência e saber quanto ao defunto que precisa ser ressuscitado!
Bem por isso e que tais, nossa Alagoas ser o que é: ninho de cobras, jararacas e serpentes predadoras letais; o que é deveras lastimável!
Sinceramente, é indesculpável senão temerário! Alagoas não pode nem deve servir de casamata, bunker, trincheira e valhacouto aos que buscam tão-somente manter o privilegiado foro por prerrogativa de função parlamentar, para evitar as dúzias de investigações, inquéritos, processos e denúncias que dormitam nas prateleiras empoeiradas da mais alta core totalmente acovardada, nas palavras daquela asquerosa jararaca-escarlate, que é tão-réu quanto sua presidente de “partido”, que instiga, atiça e açula sua súcia escarlate e milícias rurais paramilitares munidas de foices, estrovengas e facões a esbulhar direitos de cidadãos e cidadãs honestos, honrados, decentes e dignos trabalhadores avessos aos paredistas sindicalizados e que, efetivamente, não trabalham nem são trabalhadores rurais ou urbanos. É fato!
A democracia modelo é a cubana ou venezuelana senão coreana do norte! Típico de Palermas Totalitários!
Abr

*JG

Nenhum comentário:

Postar um comentário