quinta-feira, 28 de maio de 2015

A grande pátria é o seu maior desejo e projeto de país



Joilson Gouveia*

Antes de adentrar ao reproche imprescindível e objurgação necessária, urge expressar os sinceros parabéns ao leitor "Antonio", que enumerou algumas das verdades passadas in albis pelo asqueroso, decrépito, desmemoriado e debilitado arauto vermelho senil; é sempre assim: eLLes sempre procuram os mínimos erros, falhas e defeitos dos outros; mas sequer cumprem ao "dever de casa", até se esquecem que estão no "puder" há mais de treze anos e ainda não disseram a que chegaram ou foram e se lá estão, de fato. Típico. Práxis. Patético e próprio de patifes ou Palermas Traidores, do Brasil!
O Maior e melhor ou o mais profícuo, proficiente, benéfico e verdadeiro "projeto", para quaisquer Estados, Nação ou País, que se diz ser um Estado Democrático, Humanitário e de Direito, seria, no mínimo, o de cumprir e fazer cumprir suas Leis e Constituição, buscando zelar pela mínima efetividade, eficiência, impessoalidade, probidade, legalidade e transparência no trato da coisa pública, mormente de suas riquezas, tesouro e Erário. Ou não?
No entanto, o que se viu e se tem visto, dos Palermas Traidores do Brasil, além de tossir feito "vaca de coqueluche - segundo Marcelo Madureira, do Cassesta&Planeta" -, o que mais tem feito é mentir oprobriosa, cínica e desbragadamente e cortar direitos trabalhistas e da própria Seguridade Social, dentre outros perniciosos malefícios aos trabalhadores e, sobretudo, aos contribuintes e cidadãos decentes, honrados, honestos e NÃO eleitores deLLa. Ou não?
O "projeto" deLLes outro não o é e assim tem sido: espoliar; aviltar; desvia e DOAR nossos recursos, verbas e Erário, para outras tiranias vermelhas ou PERDOAR suas dívidas, sem anuência, autorização ou conhecimento do Congresso Nacional conquanto feitos por debaixo dos panos, na calada e silêncio das madrugadas e noites no mais que sigilosos e secretos "empréstimos" ou "investimentos" ou “doações” noutras plagas vermelhas, enquanto o Brasil e todos os brasileiros carentes, necessitados e dependentes padecem, amargam, sofrem e morrem sem seus sacrossantos Direitos Fundamentais Civis, Sociais, Trabalhistas, Políticos, Mobilidade e, sobretudo, de Segurança e Ordem Públicas, que deveriam ser prestados, garantidos e protagonizados pelo Estado, se tivéssemos um governo voltado aos seus nacionais e residentes "nestepaís"; claro!
Quais e quantas obras foram concluídas? Quantos projetos ou programas foram exauridos para e pelo brasileiro?
- The Bobo Sir Bob-, faça-nos um grande favor, some o montante do que foi e quanto foi e estão perdidos, desviados e desperdiçados com hidrelétricas, pontes, portos, aeroportos, rodovias, ferrovias, vias e metrôs em países notadamente tiranos, e compare-as com as obras aqui concluídas por eLLa e por eLLe, por “criatura e criador”, sim? – Aguardamos respostas, como sempre!
Em verdade, "seu projeto de país" outro não é senão aquele anelado, sonhado, urdido e forjado, em 1990, no foro de São Paulo, da indigitada almejada e querida GRANDE PÁTRIA VERMELHA, como pretende aquele caudilho da ilhota caribenha. Hipócritas! Patifes! Palermas Traidores do Brasil!
Os advirto; como já o fizemos antes e tantas vezes: não tentem cubanizar nossa Pátria Amada Brasil! Jamais seremos vermelhos!
Abr
*JG

sábado, 23 de maio de 2015

CUBA LIBRE! Adios, vermelhos!


Joilson Gouveia*

Ah! Que bom seria! E como seria mais que bom, seria ótimo, para o Brasil e para todos nós, brasileiros e brasileiras, cidadãos e cidadãs, decentes, honestos e honrados contribuintes pagadores desses extorsivos, abusivos e estratosféricos impostos, taxas, contribuições e serviços, que apenas servem e tem servido para manter a toda essa corja aparelhada de VERMElhos salafrários espoliadores, escroques “desviadores”, doadores e dilapidadores de nosso Erário, Tesouro e Riqueza Nacionais, generosamente DOADOS ou INVESTIDOS no citado "paraíso havano".
Ah! Que maravilhoso saber que toda petralhada comunapetista o seguirá, Sir Bob – The Bobo!
Isso mesmo! É o que esperamos todos: que façam isso mesmo, agora e já!
Vão todos para lá e, por favor, façam-nos o obséquio e a gentileza de por lá ficar, e, preferentemente, não mais voltarem cá!
Deixem-nos ficar com o Brasil de todos os brasileiros e das brasileiras que repudiam a “velha senhora corrupção” e aos seus corruPTos e corruPTores VERMElhos e de todos os matizes, e como somos todos os abomináveis indignados brasileiros, para vocês e por vocês, tratados de coxinhas”, “reaças”, “golpistas” e até de “viúvas do derrotado – como se tivesse havido eleição e “vitória da vencedorasigam todos para lá! Anelo que sejam felizes, para nossa felicidade; claro! Vão-se todos à Cuba que os pariu! E deixem-nos, aos brasileiros e as brasileiras, o Brasil!
Urge que entendam todos vocês: sempre fomos; somos e, sempre, seremos verdes, amarelos, azuis e brancos tal quais as cores de nosso maior símbolo nacional: Bandeira Brasileira! Jamais seremos VERMElhos!
Aliás, também, já o dissemos, a saber:
Ora, ora! Se, com embargos, ela já era um paraíso, imagine-se agora, sem nenhum embargo, o que ainda estão esperando? Livrem-se de nós, vão-se para Cuba libre! Vivas! Vivas à democracia mais próspera que há de “los comuna-socialistas”!
Abr
*JG

sexta-feira, 22 de maio de 2015

DOIS MÉDICOS?

Joilson Gouveia*
O arauto vermelho, senil, decrépito, debilitado, insano, soez e dissimulado ou mais ou tão verdadeiro quanto cédula de três reais, como de práxis, de hábito e contumácia, tenta demonstrar preocupação vidas humanas ceifadas pelos assassinos de tenra idade ou sanguinários delinquentes juvenis ou perniciosas, cruéis e bárbaras “criança e adolescentes” verdugos, algozes e carrascos de seus semelhantes, de adultos ou de anciãos, cujos inocentes “menores”, que são tutelados por esse desgoverno, seus sequazes e aliados séquitos da súcia matula da corja de comunapetistas vermelhos, “instituíram-nos” a pena de morte e aos seus desafetos que resistam ou não à sanha gananciosa de ter tudo que “desejem ter” e que o “Estado e a sociedade” não lhe deram, haja vista serem “excluídos”, socialmente. Palermas, patifes e patéticos!
Dois médicos, apenas? Não, não são apenas dois, há muito mais e não somente médicos! São mais de 56 mil cidadãos e cidadãs (crianças, jovens, adultos, senis anciães e anciãos), não lhes importa a idade, todos são vítimas de crimes violentos letais intencionais contra a pessoa humana e muito mais de 600 mil nesses últimos doze anos de desgoverno de comunapetralhistas, dos quais mais de 40% perpetrados por seus cientes, ciosos e sabidos de que são inimputáveis porquanto tutelados pela guarida do tal de ECA, mormente da samaritana, generosa e solidária Maria do Rosário! Os assassinos mirins sabem de seus “direitos” e sequer ligam para seus possíveis deveres, pois nem mesmo trabalhar se deve ser compelidos, são livres, invulneráveis e inimputáveis até aos dezoito anos.
Pesquisas ratificaram a vontade do povo brasileiro, pela redução da maioridade penal, mas o desgoverno vermelho sequer considera aos reclamos, apelos e gritos de todos os mais de 96% favoráveis à redução, Cardoso até disse ser inconstitucional e cláusula pétrea, imutável e imexível! Já discorremos sobre o ECA e a sonhada, anelada e desejada redução, a saber:

Enfim, não obstante o sincero, fraterno e solidário pesaroso sentimento às famílias dos dois citados seres humanos, às quais hipoteco condolências, contudo, sem descurar das demais 600 mil famílias que perderam seus entes queridos, não há nenhuma preocupação desse desgoverno em tentar reduzir, minimizar, controlar ou mesmo combatê-los, sobretudo por inexistir uma política de ordem e de segurança públicas ou mesmo de defesa de sua população, sociedade ou comunidade, sobretudo do cidadão ou da cidadã, contribuinte ou não, que está enclausurado no seu “asilo”, que somente é inviolável e seguro no formoso texto bonito inserto na Constituição, que sequer respeitam e cumprem-na!
A hipocrisia ridícula, cínica e perversa defende e protege assassinos de todas as idades porquanto favorável ao aborto e CONTRA A VIDA HUMANA de seus concidadãos e concidadãs, eis a verdade cruel, perniciosa, nefasta, funesta e letal!
Vivemos o caos!
Abr

*JG

DOS MALES O MENOR



Joilson Gouveia*

Todos os leitores acima esposaram suas justas, procedentes, arrazoadas, coerentes, pertinentes, inteligentes e racionais críticas ao indefectível blogueiro, salvo seu único fã, que sempre o apoia, defende e compactua das insanas, insensatas e incoerentes sandices do arauto vermelho senil, que está mais para ignaro, idiota ou imbecil ao defender o indefensável.
Louve-se aos leitores atentos que repudiam, rechaçam e contestam ao abjeto, oprobrioso ou infamante e injuriante arauto caluniador, que se diz jornalista, pois que tenta desvirtuar, ludibriar, escamotear ou enganar aos leitores da Gazetaweb.com - que deveria primar pela credibilidade, seriedade, verdade, imparcialidade, objetividade e publicidade de fatos e não pela doutrinação subliminar da retrógrada, ultrapassada e superada cartilha de Gramsci, práxis do debilitado mental Palerma Traidor VERMElho.
O discípulo de Goebbels crê nas suas próprias alucinações inverídicas, irresponsáveis e insanas, sua sandice não decorre da senilidade, mas só, apenas, somente e tão somente de sua fiel, canina, servil, cega, vassala e determinada obediência aos ditames ideológicos dos esquerdistas comunapetistas ou PTralhistas lula-dilmista, que são lacaios, servos fiéis, sequazes, séquitos e súcias matulas do tirano cubano, ídolo indefectível deLLes, cujo idioma é único: "mentirês". A mentira é a mais pura, dura, crua, cristalina e hialina "verdade"!
Desde logo, de pronto e ab ovo, descarte-se a pecha de "coxinha", "tucanalha", "bicudo", "reaça" ou de "golpista" como soe ser usual cantilena aos contumazes insultos de que sofro e tenho sofrido, mas não sou filiado nem tenho procuração para defender ao esquerdista social democrata FHC, que é tão esquerdista e democrata social quanto os sociais democratas vermelhos do putê, porém não posso nem devo aceitar que se o impute de "continuar a fazer mal ao Brasil e aos brasileiros" quando os desgovernos do putê, nesses longos treze anos, são o verdadeiro, cruel, nefasto, nefando, funesto, perverso e odioso MAL! Sou dissidente, pois cometi o desatino, descalabro, abjeto e oprobrioso filiado dessa corja – “todo jovem universitário é socialista” até à maturidade intelectual, racional, lógica e tirocínio aflorarem em seu cérebro. Eis aqui um bem de que todos deveriam dispor e fazer um BEM e BOM uso!
Estão no "puder" pelo "puder", seu projeto é único: manter-se ou perpetuar-se no Poder e "fazer o diabo" para dele nunca sair! Seu espelho é Cuba e sua "democracia" sexagenária dos socialistas/comunistas mais ricos do mundo! Ou não?
A "democracia", de que tanto falam e dizem “ter por ela lutado” não passa de seu mantra loquaz, mendaz, são falsas de abjetas bravatas, bazófias e falácias, repetidas mais de mil vezes para tornarem-se "verdade"! A alternância temporária ou sazonal do Poder, pressuposto essencial e requisito fundamental e elementar da Democracia é solapada, aviltada e espoliada ou descartada!
Enfim, avaliando, sopesando ou mensurando os males e maus feitos de tucanos  e VERMElhos, opte-se pelo minus, como o dito adágio ou aforismo da sabedoria popular: "Dos males o menor!". Aquele até que o fez; este não desfez seus males e, o que é pior, muito mais grave e mais ofensivo, danoso e prejudicial, permanecem fazendo e os prejuízos são presentes e resultam do indefectível "governo" de uma "vaca de coqueluche" - conforme Marcelo Madureira - que mentiu, mente continuamente, peremptoriamente, cotidianamente, desbragadamente, comumente e como mente! É diLmais!
Abr
*JG

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Palermas sempre palermas! Patéticos inimputáveis!


Joilson Gouveia*

Culpar aos outros é muito mais fácil que admitir seus próprios erros ou reconhecer a própria incompetência! Já é práxis e típico deLLes sempre imputar aos outros ou ao seu povo e a todos pela desídia, omissão ou descaso de seus desgovernos!
Aliás, todos eles, sejam quais forem suas bandeiras, antes e durantes suas campanhas eleitorais ou eleitoreiras a tudo sabem e a tudo conhecem e prometem a tudo resolver, mas, ao chegarem lá, de tudo esquecem e a culpa é do povo... Típico e patético!
É um ciclo viciado, vicioso, danoso e perverso, o mesmo ciclo que lá os tem mantido e os mantém, a custa do Erário oriundo de impostos, taxas e contribuições do povo. Patifes! Palermas e canalhas!
Por quais razões o estardalhaço? Cortina de fumaça, para desviar o foco do PTrolão? Mascarar, dissimular, escamotear ou tentar negar a inação, omissão, inoperância, ineficiência ou inapetência deLLa, que virou a "rainha tupiniquim" chefe de estado, mas sequer governa, nem tem responsabilidades, pois passou a bola pro vice? Ou há algo de podre no "reino da Dinamarca"?
Ora, já que é o povo o principal responsável até para combater e eliminar mosquitos e outras pragas, para quê governo e governos para quê?
Por que e para que se candidatou ou se ofereceu como salvador ou solucionador de problemas, os quais seriam seus próprios deveres, por ofício e atribuições de seus cargos, mas nem os resolvem, os minimizam, os reduzem ou os solucionam e sempre imputam ao povo, que seria indolente, ignaro, ignorante, analfabeto e burro, ou esperto e todos seríamos "Gérsons", como se aduz, mas que nem mesmo sabe escolher seus representantes?
Há escolhas, com essas URNAS "seguras", ou há um "pacto federativo" de achacadores de mais de "trezentos picaretas" que se perpetuam no Poder, que nunca representam nem defendem aos interesses e vontades do povo, ainda que constituído de espertos “Gérsons”?
Há, de fato, oposição ao "sistema" que mantém vampiros sugadores do Erário, seja federal, estadual ou municipal? Não, não há! E se há, onde estão?
O que há é uma manifesta indignação de mais de 91 milhões de insatisfeitos, que neLLa NÃO VOTOU, porém ordeiros, pacatos, urbanos e pacíficos demais e dispersos demais, desorganizados, desunidos e desorientados demais ou esperançosos demais e insurretos de menos...
O Brasil só tem duas saídas:
a) o povo ocupar ao Congresso Nacional e dele exigir o cumprimento de seu DEVER urgente, necessário, imprescindível, devido, regular e IMPEACHMENT e a devida cassação, processo, julgamento, condenação e prisão, além do premente confisco dos bens amealhados decorrentes do PTrolão, que burlou, fraudou e adulterou o resultado das eleições, e;
b) ou ocupar aos principais quartéis de comando das forças armadas, para exigir que cumpram e honrem seus deveres de defensores da Nação e da sua Pátria Amada, os deponham, os prendam e realizem eleições em até 180 dias, consoante disposto na CF/88!
Fora disso, seremos apenas servos servis, vassalos e capachos do Partido Totalitário de Palermas Traidores do Brasil!
Salvo, in ultima ratio, deixar de sermos uns “espertos Gérsons” para sermos todos, juntos, misturados e unidos, uns verdadeiros “Joaquins Josés” ou o “Tiradentes”, numa insurreição geral, ampla e irrestrita de NÃO mais PAGAR os impostos, as taxas e todas as contribuições e todos os serviços que os alimentam.
Enfim, já que nos tomam por desonestos e espertos, pois sejamos todos iguais a eLLes, corruPTos, fraudadores e caloteiros vis e infames!
Abr

*JG

PALERMAS TOTALITÁRIOS



Joilson Gouveia*
O PT, nas suas origens, primórdios, fundação, formação e constituição, que se dizia ser o “partido dos trabalhadores”, fora fundado, composto, integrado, forjado e formado por pseudos EX presos-políticos, que nunca haviam trabalhado mais intelectuais que não pensavam e de estudantes que não estudavam e se diziam defensores da democracia - e que, por ela (democracia) haviam lutado, pois que veneravam e ainda adoram as ditaduras vermelhas-, mas que, em verdade, na sua essência fundamental, elementar e básica, fora constituído dos mesmos esquerdistas comuna-socialistas subversivos, guerrilheiros, sequestradores, assassinos, assaltantes e terroristas que haviam saído do Brasil – se autoexilaram, escafederam, deram o fora e “deram nos calos” – para não serem presos pelas forças armadas constitucionais, constituídas, legais e regulares, os verdadeiros FATORES REAIS DE PODER* e do ELEMENTAR, FUNDAMENTAL E SOBERANO PODER DO POVO, o qual é legítimo, fundamental, natural e essencial detentor do PODER (“todo poder emana do povo e em seu nome será e deverá ser exercido”) e foram asilados e obtiveram valhacouto noutros países de regime socialista (vejam foto ilustrativa ao final deste).
*Vide, pois, A Essência da Constituição, de Ferdinand Lassalle.
Os mesmos covardes guerrilheiros forjados em Cuba, fugitivos evadidos, após a Lei da Anistia, ampla, geral e irrestrita, tornaram ao Brasil e fundaram ao indigitado partido, que se dizia ser um ferrenho paladino defensor intransigente dos Princípios da Legalidade, Impessoalidade, Publicidade (Transparência), Moralidade (Probidade) e Eficiência na gestão, gerência, governo e zelo da cousa pública, mormente e, sobretudo ou acima de tudo, das nossas riquezas, tesouros e Erários Nacionais – a priori, essencial e fundamentalmente, eram CONTRA A CORRUPÇÃO; lembram? – esta fora a “bandeira” que mais defraudaram que desfraldaram e fora usada como LOGRO, ENGODO, ARDIL, ARTIMANHA, urdido e dissimulado, para dar azo aos seus mais comezinhos, vis, asquerosos e sórdidos meios para buscarem seus fins: O PODER! E, desta feita, sem lutas armadas, sem violência, sem contendas, sem lides e sem confrontos ou conflitos, mas com o sorrateiro, paulatino, sub-reptício, subliminar e tenaz, rotineiro simulacro escamoteado discurso de “defesa da democracia de combate à corrupção”, que ludibriou, enganou e, também, abusou da confiança e da esperança dos brasileiros e das brasileiras decentes, honestos, honrados e dignos trabalhadores, usados como seus “inocentes úteis”, como lecionara o tal Lenin. Eis que nos fizeram (inclusive a mim, que caíra no golpe ardiloso do “XÔ CORRUPÇÃO”!) de tolos, palermas, idiotas e imbecis.
Chegaram lá (com o “lulalá”) e ainda estão, há mais de TREZE ANOS, e o que se vê e o que se tem visto, ouvido e lido nos noticiários jornalístico, radiofônicos, televisivos, mídias, redes sociais e internet? Só escândalos e mais escândalos, logros, fraudes, mentiras (vaca tossindo feito tuberculoso ou de coqueluche), falcatruas, desvios, doações, corrupção de corruPTos e corruPTores, mormente de integrantes do “putê” e, também, de seus aliados, aqueles da tal “coalizão vencedora”, para a tal “governabilidade”, que vem triunfando nas eleições de URNASinvioláveis, invulneráveis, confiáveis e seguras, mas, sobretudo, também incontestáveis porquanto técnica, humana, concreta, real, virtual ou ciberneticamente impossível aferir, conferir, provar e comprovar o resultado de seu sufrágio e dos votos sufragados, refletidos da expressa vontade do eleitor e do cidadão ao exercer seu direito/dever cívico, político, patriótico e democrático de querer mudar ou mesmo manter esse “governo”, que “governa para os pobres” – Será? Aqui, urge lembrar o dito de Stalin: “não é voto que decide uma eleição e sim quem conta os votos” – quem vem contando e os tem contado?
Os Palermas Totalitários, que tanto “defendem” ao Estado Democrático, Humanitário e de Direito, mas são fiéis aliados, ajudantes, doadores e apoiadores de ditaduras vermelhas mundo afora. Na verdade, são uns defraudadores das bandeiras da social democracia ou da democracia social! Portanto, idênticos desde suas origens embrionárias, haja vista que não mais desfraldaram nenhuma bandeira para derribada da “velha senhora” corrupção, que mais tem servido para servir fiel, disciplinada, ordeira, samaritana, dadivosa e generosamente ao seu senhor supremo “el comandante em chefe cubano” e, também, doutras tiranias vermelhas mundo afora! Ou não?
Já o Brasil e seus nacionais padecem aos seus extorsivos AJUSTES FISCAIS, desemprego de quase 8,0%; inflação de mais de 8,5% a/m; estratosféricos juros de mais de 220% a/a do Cheque Especial e de mais de 329% a/a, no Cartão de Crédito; abusivos aumentos de combustíveis, de energia e de água, de impostos, taxas, contribuições; cortes monstruosos nas verbas da “pátria educadora”, da Saúde, da infraestrutura, da Segurança Pública e tudo o mais, mas gasta mais de 449 Bilhões, para manter seus inoperantes, ineficientes e ineficazes 39 ministérios e centenas de “agências” empregadoras de seus mais de 130 mil cargos comissionados, todos aparelhados pelos palermas totalitários, sem contar os perversos cortes de direitos trabalhistas de trabalhadores, viúvas e pensionistas, que sequer tiveram seus reajustes anuais, como determina a CF/88 e leis estaduais, mas reajustou o fundo partidário em mais 450% por cento, para manter aos seus palermas no Congresso Nacional, sejam da “oposição” ou da “coalizão” para “governabilidade”!
Enfim, o Brasil está entregue às baratas e chafurdando no lodaçal pantanoso fétido e infectocontagioso no mesmo brejo em que se encontra a “vaca de coqueluche”, segundo Marcelo Moreira, que nem manda nem desmanda, mas DOA e DESVIA como ninguém nunca o fizera na “estória destepaís”, mas há palermas que os defende, os adora e os venera! Lamentável!
Abr
*JG