sábado, 29 de novembro de 2014

“O BRASILEIRO NÃO VALE UM VINTÉM” OU SERIA R$ 0,20?

Joilson Gouveia*

Será que a "ídala" do "Sir Bob", que não é bobo, nem rasga dinheiro nem come fezes, claro! Criou o bolsa-bloguista?
As grandes medidas anunciadas como um "nó", todas bastante nelas e para elas mesmas, pois são altamente criativas em proposições e soluções aos problemas que afligem à população - notem que tudo que havia de útil, de bom e de serventia, para minimizar ou minorar e até oportunizar saídas ao sofrimento do povo, eLLe copiou do sucedido mudando de nome, além de deixar o Henrique Meirelles "orientando" ao molusco, mudou os nomes dos “programas sociais (assistencialismo populista ou curral eleitoral para escravizar ao povo, segundo eLLe mesmo vociferava) para bolsas isso e aquilo e quejandos; demais disso? Nada!
São mais de doze longos anos de involução ou estagnação: uma parte da população (a odiada e odiosa classe MÉDIA, segundo sua santa culta Chauí, sinônimo de candura, afeto, carinho e amor ao povo pobre, ou seria pobre do povo?) que sustenta, provém e mantém os mais de 47 milhões de dependentes cadastrados nos BFs - nem todos dependentes necessários necessitados ou carentes delas - mas quase todos ligados ou aparelhado ou filiados ou militantes ditos “eleitores” GRATOS à generosa MÁ"mãe dos brasileiros" e melhor presidentA que Cuba já teve "na istóra daquele país", todos transformados numa legião de miseráveis amedrontados, desesperados e aterrorizados pelo eventual CORTE de seus benefícios ou ÓBOLOS mercês das patentes, flagrantes e ostensivas AMEAÇAS de que PERDERIAM suas tais BF’s, se o outro ganhasse ou se deixassem de votar na MÁ"mãe" ou que haveria "retrocesso" e etc.
É que eLLes agem, atuam e procedem assim: pegam o que há de bom, melhor e mais profícuo, eficiente, eficaz e inteligente noutros quadros estranhos aos seus - pois, nos quadros deLLes há os que são bons e "espertos" em fraudes, falcatruas, desvios, doações e corrupção, dentre ouras - se der certo ficam com os louros, como tem ocorrido e se arvorado de debelarem ao monstro inflacionário adormecido, ora desperto por eLLa em sua MÁ gestão indigesta de pibinho pífio, deficitário, retrógrado e negativo. E, por conseguinte, em dando errado cairá como luva, nas mãos deLLes, para imputarem os erros aos outros que não os seus. Essa tem sido a estratégia deLLes!
Pregam ética, probidade, legalidade e governabilidade e atuam de modo diverso, díspar e contrário ao proposto ou propugnado.
Vejam mais: quando, onde e como foi feita a tal reforma agrária? A reforma tributária? A reforma política? A reforma trabalhista e a grande geração de emprego e renda? A reforma da Saúde, da Educação, Infraestrutura e etc.? Onde foram investidos nossos recursos ou construídas suas grandes obras nesse "guverno"? Respondo-lhes: Cuba, Equador, Guatemala, Bolívia, Venezuela, Paraguai e Uruguai, além de "perdoar" a dívida de outras tiranias vermelhas africanas.
Enfim, somente saíram da linha da pobreza os "filhinhos de papai" deLLe e deLLa; ou não?
Mas o putê não é o maior mal e sim aquele que sempre está ligado, arraigado e atrelado às tetas do PUDER nesses mais de 50 anos, que se diz oposição, mas é sempre o aliado mais forte desses 10governos nesses mais de dois lustros de putê e dos anteriores, claro!
Abr
JG
P.S.: Em 2013, por R$ 0,20 houve o VEM PRÁ RUA - era somente esse o valor dos jovens, pelo visto! - já no caso do "mensalão" e, agora, do PTrolão nenhuma movimentação, inquietação ou indignação; ou não?

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

O IMPEACHMENT É GOLPE, CONTRAGOLPE OU MANDAMENTO CONSTITUCIONAL?


Joilson Gouveia*

Ainda que o Lobão esteja correto ao afirmar que "discutir com PTralhas é o mesmo que  jogar xadrez com os pombos..." e, apesar de ter jurado-me não mais ler aos escritos nesse "respeitável, responsável, verdadeiro, justo e imparcialíssimo blog", que mais se tem prestado e funciona como uma verdadeira sucursal de uma certa CARTA, que de maior somente tem o adjetivo aposto a ela, uma vez que não passa de uma trincheira de concreto real que serve de valhacouto ao provecto arauto esquerdistaPATA ou lulopetista ou dilmista bem como, também, para sua vergôntea vermelha - que acha correto, certo, responsável, coerente, justo, normal, natural, comum a sórdida prática do aparelhamento espoliante do Erário Nacional.

Portanto, para eLLes, é honesto, honrado e até simples e curial tudo isso que os PETRALHAS FIZERAM, FAZEM E QUEREM CONTINUAR A FAZER com nossa combalida nação e espoliado, aviltado, assaltado Erário ou, como dizem eLLes, só tem "desviado" e/ou DOADO nossas riquezas aos vermelhos retrógrados, superados, arcaicos, ultrapassados e falidos socialistas desse mundo afora, que somente se sustenta e é sustentado pela maneira de SER do PTrolão e mensalão (que negam nunca ter havido), pois juram, negam, mentem e desmentem numa insanidade sórdida aos fatos incontestáveis!

É que CREEM pia, fervorosa, fanática e cegamente no seu ícone, ídolo, apedeuta e guru deLLes todos, sejam de esclarecidos, cultos ou ignorantes, e, também, na marionete ignara, insana, mimada e insubmissa à ORDEM e à LEI (como sempre fora desde tenra adolescência que jamais amadurecera porquanto viver no passado) – ainda que cite alguns preceitos ou Princípios de Legalidade nalguns escritos aqui: “todos são iguais perante a lei” e a “lei é para todos”; porém, menos para Ella e para o molusco e sua miss Rose!
Para todos serve a LEI; a eLLe e para eLLes nunca! L’Etai c’est moi! “Monsieur Luiz LI ou impoluta soberana “Madame Dil"mãe dos brasileiros” II!

Há, pois, investigação ou inquérito, processo, julgamento – devido processo legal – e, por conseguinte, as devidas penas, para qualquer um do povo que descumpra a LEI, mas para Ella seria – no entender deLLes – mera inimputável ou simples irresponsável – eu a tenho como incompetente, inclusive, mas nunca imune, imaculada, invulnerável e inatacável ou ISENTA das PENAS LEGAIS
É dever-poder para Ella e de quaisquer agentes públicos ou políticos CUMPRIR E FAZER CUMPRIR ÀS LEIS, mormente à LEI MAIOR, nossa Carta Cidadã, de 1988, haja vista que ao descumprir, desobedecer, desacatar, espezinhar ou fazer menoscabo dela e das leis importa em CRIME DE RESPONSABILIDADE sim, e, por conseguinte, implicará ou acarretará o imediato, legal, justo, constitucional e devido processo legal de apuração regular, pelo Congresso Nacional, sob os auspícios da Câmara Federal e do Senado, com o incontinenti afastamento do cargo de presidente, por até 180 dias, é LEI – nunca golpe branco ou de quaisquer cores que insinuem.

Há razão ou fundamento ou lógica ou coerência nos ditos, vociferados e escritos deLLes?

A verdade deLLes é a conveniente ao momento da fala em suas bazófias da hora: num dado instante assestam ter havido “ditadura” ou golpe militar; noutro vomitam que houve “contragolpe”, pois que sabem ter sido verdade: os militares reagiram, ao GOLPE URDIDO no Congresso Nacional, com um devido, adequado, necessário, urgente e apropriado CONTRAGOLPE aos intentos vermelhos de 1935 e, sobretudo, em 1964. Os poucos lúcidos, cientes e são sabem disso muito bem e só o admitem à boca miúda e interna corporis ou IN OFF.

Ademais, também, ciosos estão que, assim como outrora, se tentarem agora, nossas Forças Armadas, mormente sua RESERVA, irão CONTRAGOLPEAR mais uma vez quaisquer tentativas sorrateiras, subliminares, dissimuladas ou escamoteadas e até mesmo agressivas, invasivas, ofensivas, já que há guerrilheiros infiltrados sendo treinados egressos de Cuba, Venezuela, FARC e outros aliados junto ao MST e outros quejandos, bélicas ou não. Advirto-os: não tentem!

Enfim, numa real democracia republicana, que se diz ser um Estado Democrático, Humanitário e de Direito, ou seja, aquele jungido aos Preceitos, Normas e Princípios Legais, portanto, submetidos somente ao IMPÉRIO DA LEI e nunca à vontade do seu “príncipe” ou princesa, o presidente é o seu maior servidor público, i.e., ele está para servir ao povo e a serviço do povo, pelo povo, para o povo e com o povo, mormente ao bem comum de seu País e à sua Pátria e à sua Nação jamais para se servir deles, locupletar-se ou descumprir seus deveres enquanto o mais alto funcionário da República.

Até que Ella pode ter tido 54 milhões de votos “válidos” jamais será MAIORIA de 142 milhões de eleitores e, sobretudo, dos mais de 201 milhões de brasileiros e de brasileiras honestos, honrados, sérios, trabalhadores, sinceros, francos e que ABOMINAM todas as falcatruas, negociatas e práticas corruPTas e corruPToras de quem se dizia paladino da ética, da moral e da honestidade antes de “chegarem lá”, ao chegarem: “Ô, rapaziada, cumpanhêros: vamos se dá bem! Se roubaram antes vamos se arrumar também! É isso que querem passar como coerente, correto e honesto: “os outros fizeram e nós podemose devemos fazer também!

Mutatis mutandis: “todo brasileiro é corruPTo” – assim pensa, disse e fala sua presidentA; lembram? Logo, todos os seus séquitos creem ser a mais absoluta verdade, mas esquecem que mais de 88 milhões de eleitores disseram um amplos, sonoro e claro NÃO a tudo isso que aí está! É impeachment ou intervenção militar, e JÁ!

Abr
*JG

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

MILITARES BRASILEIROS EM FACE DA LÁBIA DE UMA VERGÔNTEA VERMELHA SOCIALISTA

Joilson Gouveia*

O aprendiz, neófito ou discente do seu provecto ou vetusto arauto vermelho gramscista petralhista, consoante se nos antolha, até parece esquecer, ignorar, desconhecer ou não saber - o que não descarto e nem duvido - de que o autêntico militar não tem "querer" nem "vontade" nem "desejo", o verdadeiro militar tem DEVER, cumprir suas missões, atribuições, ordens e segue aos preceitos constitucionais, legais e, sobretudo, às ordens manifestamente legais dos Poderes Republicanos democráticos, portanto, das Autoridades e de suas Instituições, sempre em defesa de sua Nação, Território Nacional (País), Símbolos, Armas e Brasões Nacionais brasileiros, mormente ao povo brasileiro. "Somos da Pátria a Guarda!"
Assim como em 1935 e 1964, estivemos prontos em socorro da família brasileira e na defesa de nosso País, estamos e estaremos sempre prontos à obediência do clamor de seu povo, que insta, roga e implora por um “chega”, um cabo e um fim, ou de um “BASTA” nessas falcatruas, roubalheiras, desvios, DOAÇÕES e desbragada corrupção e de vis assaques ao Erário Nacional e ao Tesouro e riquezas brasileiras quando não generosas doações aos vermelhos tiranos, mundo afora.
Há duas alternativas: o devido processo legal de um IMPEACHMENT ou de uma urgente, necessária ou irreprochável, irremediável e imprescindível INTERVENÇÃO CASTRENSE, para preservação de um Estado Democrático e Humanitário e de Direito, para uma devida REGULAR APURAÇÃO E JULGAMENTO E CONDENAÇÃO DOS CORRUPTOS&CORRUPTORES, com breves eleições ou até mesmo a decorrente nomeação do segundo colocado, haja vista indícios suficientes de fraudes no resultado da “Eleição/2014”- o que sequer se poderá lhe aferir, conferir ou contestar porquanto não há votos impressos concretos, reais e palpáveis -, mas, resta claro que, dos mais de 142 milhões de eleitores dos 201 milhões de habitantes, e isso é fato concreto, mais de 88 MILHÕES de eleitores e de brasileiros e de brasileiras foram e são CONTRA ao que aí está e que DISSERAM NÃO a essa coisa que aí está e que, ainda assim, chamam de "governo". Ou não?
Sua obtida, computada e querida "votação" nunca fora (nem em 2010 nem 2014) e jamais será uma maioria, nem dos eleitores e, menos ainda, da população brasileira, que os abomina tanto quanto aos “corruPTos e corruPTores". Essa é a verdade e, por conseguinte, também, a vontade da imensa maioria do povo brasileiro honesto, honrado e trabalhador que anela pela justa, legal e devida cadeia neles, e já!
Ademais, urge que se diga na passant aos ignaros, ingênuos e incautos, nunca houve GOLPE e sim um CONTRAGOLPE aos ardis urdidos pelos mesmos renitentes vermelhos de sempre, eis a grande verdade histórica que querem mudar, calar ou escamotear.
Enfim, outra irrefutável verdade: nenhum dos “presidentes” militares serviu-se do Poder para locupletar-se mediante enriquecimento ilegal, imoral ou ilícito; já os sucessores civis, na chamada redemocratização ou “nova” República...
Abr
*JG
P.S.: mais uma vez quebrei minhas juras: de nunca mais ler esses escritos do arauto petralhista, mas seu pimpolho excedeu!
POR INCORREÇÃO DA ANTERIOR