quarta-feira, 22 de novembro de 2017

SERÁ QUE NÃO SERIA BOM TORNARMOS O PELOURINHO COMO PENA?

Joilson Gouveia*

Dando continuidade, seguimento e complemento ao que assestamos em nosso blog in http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/11/condenacao-de-taturanas-nao-passa-de.html sobre as CONDENAÇÕES JUDICIAIS e CRIMINAIS de vetustos vestalinos Vestais desiguais, diferentes e díspares dos pobres mortais cidadãos e cidadãs decentes, honestos, honrados e de BEM, sujeitos, pessoas, indivíduos e seres humanos que sentiriam e sentem vergonha de quaisquer possíveis e eventuais imputações, acusações ou condenações que denigram, maculem ou enodoam seus caráteres, honras e reputações, mormente do tipo, quilate, naipe e jaez ou “qualidade” das que são e tem sido aplicadas aos processados, denunciados, condenados ou até mesmo citados em declarações-premiadas de delatores corruPTos, corruPTores, corrompidos e comprados – onde somente quem corrompeu está condenado e preso por corromper aos corrompidos, que estão livres, leves e soltos, ainda que muito já condenados pelos juízos a quo et ad quem, mas que não estão nem aí para os fatos, feitos e realidade desses eventos e episódios divulgados na mídia e imprensa livre.
Ao contrário, até erguem punhos cerrados como se vitoriosos fossem ou verdadeiros “heróis”! Até parece que se tem mais Status por tais feitos ou maus feitos! Aliás, mesmos que CONDENADOS jamais sentem ou sentirão os rigores da pena sentenciada, bem por isso tornar no tempo e espaço para recordar os áureos áulicos acadêmicos sobre tempos e lugares, nos quais as províncias, cidadelas, vilas e povoados erguiam seus PELOURINHOS, aos quais eram presos, postos e expostos todos os bandidos, marginais, delinquentes e criminosos CONDENADOS, num passado bem distante, para que todos ficassem atentos, cientes e ciosos do rigor imperativo e do império de então: Dura Lex Sed Lex; que vigia, vigorava e vingava nas Sociedades de outrora.
“O Pelourinho, popularmente designado também como Picota, é uma coluna de pedra colocada num lugar público de uma cidade ou vila onde eram punidos e expostos os criminosos. Tinham também direito a pelourinho os grandes donatários, os bispos, os cabidos e os mosteiros, como prova e instrumento da jurisdição feudal.
Os pelourinhos foram, pelo menos desde finais do século XV, considerados o padrão ou o símbolo da liberdade municipal. Para alguns historiadores, como é o caso de Alexandre Herculano, o termo pelourinho só começa a aparecer no século XVII, em vez do termo picota, de origem popular. A partir dessa altura passou a ser apenas o marco concelhio. Antes dessa altura, segundo Herculano, o pelourinho era uma derivação, de costumes muito antigos, da erecção nas cidades do ius italicum das estátuas de Marsias ou Sileno, símbolos das liberdades municipais. Mas outros historiadores remetem para a Columna ou Columna Moenia romana, poste erecto em praça pública no qual os sentenciados eram expostos ao escárnio do povo.
Parece que antes do século XV terá havido algumas execuções nos pelourinhos. Mas a partir daí não há provas que tal sucedesse, pelo menos em relação às execuções capitais, que faziam na forca depois de ter sido exposto no pelourinho para conhecimento do povo.[1] – Na íntegra in https://pt.wikipedia.org/wiki/Pelourinho
Nesses tempos, havia não só a certeza da punição, mas, sobretudo, a punição de certeza e com certeza e à altura do delito cometido! E, antes de ir às masmorras, todo o povo sabia o exemplo imposto ao meliante, que servia de “lição” aos pretensos potenciais criminosos, mas diriam que isso era coisa da barbárie dos bárbaros medievais, agora somos modernos, urbanos e civilizados; será que evoluímos ou o crime e os criminosos estão mais sofisticados e evoluídos, que mesmo sendo criminosos são comutadas suas penas enquanto corruPTores e os corruPTos são inatingíveis, incólumes, invulneráveis e invioláveis ou inimputáveis graças às imunidades e IMPUNIDADES por prerrogativas de foros e de exercício de cargos e funções.
Rui Barbosa foi mais que um visionário ao vaticinar; foi profético! A saber:
  • De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto...”.
  • Essa foi a obra da República nos últimos anos.
  • No outro regime (monarquia) o homem que tinha certa nódoa em sua vida era um homem perdido para todo o sempre - as carreiras políticas lhe estavam fechadas. – Na íntegra in http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/03/mens-legis-versus-mens-legislatoris.html

Hoje, ao que se nos antolha, quanto mais nódoas, máculas e sujeiras mais gabarito, cacife e pedigree para ingressar num “partido” e se dar bem na carreira política! Ou não?
Os tais partidos sequer os punem ou expulsam os seus integrantes condenados, os quais permanecem com os mesmos direitos de um idôneo, impoluto, ilibado, probo, justo, honesto, honrado e decente cidadão comum, inocente e jamais admoestado, repreendido ou punido; enquanto os oprobriosos, inescrupulosos e criminosos condenados são enaltecidos, venerados, admirados e preferidos não somente pelos seus “partidos”, mas também por uma grande parcela da Sociedade, inclusive defendidos por “pensadores críticos” dessa elite pensante e falante, muito mais falante que pensante, infelizmente!
Tudo pela CAUSA! A causa está acima da Sociedade, da Nação, do País e até de Deus! Ou não?
Abr
*JG

P.S.: Será que, esses vetustos vestalinos Vestais, resistiriam, ririam e cerrariam seus punhos se houvesse PELOURINHO em logradouros públicos, como no passado?

CONDENAÇÃO DE TATURANAS NÃO PASSA DE VITÓRIA PÍRRICA!

Joilson Gouveia*

Dia virá – espero ainda estar vivo nesse dia, para testemunhar, confirmar e ratificar o que temos averbado, dito, repetido, reiterado e replicado – em que o Brasil e os seus brasileiros e as brasileiras decentes, honestos, honrados e dignos trabalhadores, cidadãos e cidadãs de bem verão, entenderão e compreenderão, pois atestarão e comprovarão que, desde a debacle redemocratização, pós regime constitucional marcial castrense, vivemos sob o jugo cruel, sanguinário e assassino de escarlates esquerdistas de esquerda e à Esquerda: os artífices de todos os males do e no mundo.
Noutras palavras, já estamos à mercê de facínoras, alarifes e finórios, matreiros, escamoteados e dissimulados, falsos, inescrupulosos, oprobriosos e criminosos: socialistas/comunistas/marxistas/stalinistas/leninistas/trotskistas/gramscistas/Fabianistas et caterva, escória e corja da súcia matula escarlate – os trinta e cinco partidos são de bandeiras, cores, matizes e ideologias esquerdistas de esquerda e à Esquerda – que alçaram ao Poder, através da tríade enganosa, dissimulada e ludibriadora: “democracia, partidos e eleições* e aparelharam o Estado e os seus Três Poderes, Instituições e Órgãos republicanos de nossa espoliada, combalida e aviltada democracia tabajara ou tupiniquim, que não serve para você nem para mim – a ver in http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/06/a-res-publica-tabajara-ou-tupiniquim.html.
*Democracia, eleições e partidos”: a insidiosa tríade ardilosa, enganosa e ludibriadora senão destruidora de dinastias, reinados, impérios, monarquias, principados e Estados; que tem servido de base, caminho, estrada e oxigênio do arcaico, esfarrapado, surrado, ultrapassado e carcomido socialismo/comunismo de inescrupulosos, escabrosos, oprobriosos e criminosos Marxistas/Stalinistas/Leninistas/Trotskistas/Gramscistas/Fabianistas velhos e velhacos, usuários da velha Tesoura-Escarlate, que mantém os mesmos cleptocratas, aristocratas, argirocratas e plutocratas de sempre, desde os idos de 1500. Na íntegra in http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/09/inalteradas-mudancas-para-manter-o.html.
Percebam que o Sistema Jurídico-Positivo-Legal-Criminal-Penal e Constitucional ou arcabouço jurídico vigente é inócuo, inane, inerme e inofensivo aos detentores de foros privilegiados por prerrogativas de cargos e funções, os quais detém imunidade (IMPUNIDADE) parlamentar por seus gestos, atos, ideias, ideologias e palavras, no púlpito do Parlamento (porém, nem todos os parlamentares usufruem, usam, dispõem e gozam dessas prerrogativas, por exemplo: Jair Bolsonaro*), mas há um plus: impunidade extensiva aos crimes próprios ou no exercício de tais cargos, salvo aos crimes comuns, os quais, ainda assim, mesmo quando praticados, processados, denunciados, julgados e condenados em juízos a quo e ad quem, continuam livres, leves e soltos e com os mesmos direitos de quem nunca fora sequer notificado pelo guarda de trânsito da esquina.
Entrementes, a despeito de condenados esses “taturanas”, ainda lhes restam as “altas cortes totalmente acovardadas”, para, numa exegese hermenêutica sistemática e idiossincrática consoante sua verve ideológica, dizer o direito que não está escrito ou desdizer o que é prescrito em cláusulas pétreas, axiomas, princípios, premissas e brocardos jurídicos e jurisprudência pacíficas do próprio STF e, também, do STJ – o primeiro se presta a Soltar Todos Finórios, ou premiarem com discretíssimas tornozeleiras eletrônicas digitais e/ou “menagens” residenciais, para pagodes, sambas e bacanais. O Segundo, Somente Tenta Julgar e “justificar” ou não, aquilo que os Tribunais Regionais e Estaduais já decidiram, o que, por sua vez, já fora decidido pelos Juízos A Quo! Daí haja tempo para surtirem os efeitos da sentença condenatória ou absolutória, no mais das vezes e das vezes.
De lembrar que eLLes fizeram nossa Carta Cidadã e mais de 13,350 mil leis ordinárias, complementares e decretos*, que somente servem aos eleitores, cidadãos e contribuintes/pagadores de impostos, tributos, taxas, insumos, multas e contribuições, para sustentar, manter e preservar à escória escarlate dessa argirocracia e seus aristocratas e cleptocratas vermelhos.
De mais a mais, qual a utilidade, valia e serventia da Lei da Ficha Limpa – que teria sido feita por bêbados, segundo O SUPREMO (Gilmar Mendes) – que não se presta aos condenados nos juízos a quo e ad quem, enquanto não transitar em julgado a sentença condenatória do alarife, meliante e delinquente condenado?
De que adiantou mais de 2,5 milhões de assinaturas para feição e elaboração das chamadas “10 medidas contra a CORRUPÇÃO”, que foi adulterada pelo Parlamento e sequer a aprovou-a?
Ademais, nos lograram quanto ao FIM do anômalo, esdrúxulo, abstruso e abjeto FORO PRIVILEGIADO mantido inalterado para os crimes próprios, i.e., os praticados decorrentes dos cargos exercidos?
Bem por isso, concordo em GNG com o literata caetés e tupiniquim quando averba, assesta e emite sua diatribe arguta, sagaz e sarcástica:
a) http://blog.tnh1.com.br/ricardomota/2017/11/22/condenacao-dos-taturanas-vale-tanto-quanto-a-de-renan-calheiros/, contudo, é forçoso reconhecer mais ao brilhantismo da crônica que ao valor e efeitos imediatos da condenação sub examine, que se nos antolha uma “vitória de Pirro”. Nada mais que isso!
Afinal, os ratos continuam a roer não somente nossa bandeira nacional, a saber:
http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/09/os-ratos-roedores-da-bandeira.html; e o ordeiro, pacato, pacífico, urbano, civilizado e “poderoso povo de araques” na esperança de mudar a tudo isso por intermédio de eleições sazonais nessas mesmas “seguras, invioláveis e invulneráveis urnas eletrônicas digitais, da venezuelana Smartmatic, de George Soros”, desde os idos do oculto, omitido e nunca comentado (pela “imprensa-livre”) “Foro de São Paulo”, na década de noventa, que já se sabe o resultado, como em 2014: “voto nada decide; quem conta os votos decide tudo”! – Stalin. E assim tem sido, foi, é e assim será, como urdido, tecido, tramado e imposto pelo “Pacto de Princeton”, quando se materializou a TESOURA-ESCARLATE!
Ah! Pobre Brasil e coitados dos brasileiros, brasileiras, cidadãos e cidadãs, dignos trabalhadores honrados, honestos, decentes e de bem deste espoliado Brasil, que já fora a sexta economia e a oitava potência mundiais, quando éramos felizes!
Ah! E como fomos felizes!
Abr
*JG

P.S.: Notem bem: os golpistas e golpeados reafirmam alianças como se nunca foram aliados das mesmas afiadíssimas lâminas: PSDB e PT. Os dois maiores sócios esquerdistas sociais democratas ou democráticos sociais et quejandos!







terça-feira, 21 de novembro de 2017

O “FAVORITO” SERIA UMA “RÉSTIA DE ESPERANÇA” AOS ESCARLATES

Joilson Gouveia*

Meu dileto literato caeté e tupiniquim, com a mais respeitosa e devida vênia, permita-me desconcordar desses pontos seguintes, a saber:
  • 1 - “Para os petistas, no entanto, eles têm um ativo fundamental para o PMDB de Alagoas: o ex-presidente Lula, favorito ao pleito de 2018 em Alagoas (em todo o Nordeste, ressalte-se).
  • 2 - A aliança não será, por óbvio, inviabilizada se não sair uma secretaria para o PT, mas a legenda vai insistir o quanto der para conseguir um pedaço da máquina estadual.
  • 3 - Lembrando que esse é o jogo jogado em todo o país e nos três níveis de poder. Nada diferente foi inventado até agora na política nacional, nem mesmo por parte dos que se apresentam como “novo” ou “novidade”.
  • 4 - Afinal, o eleitorado continua sendo o mesmo. E é ele quem define – na média – os rumos do país”. (Sic) In http://blog.tnh1.com.br/ricardomota/2017/11/21/governador-avisa-ao-pt-que-nao-vai-entregar-a-secretaria-de-educacao/ - Sem destaques no original.

1) Onde, quando, como, quem disse e fundado em que dados o dito cujo é apontado ou figura como “favorito ao pleito”, em AL e no NE? Favor nos informar; sim?
Ora, se é o favorito, como aduzido acima, como explicar, entender e justificar os xingamentos, vaias e apupos hostis de “luladrão seu lugar é na prisão”?
Mais: Por que não consegue o “favorito” andar sozinho e livremente em meio ao povo? Por que não reelegeu edil o seu próprio filho, em São Bernardo do Campo, em 2016, seu ninho eleitoral?
A lembrar: nenhum dos candidatos às recentes eleições complementares apoiados pelo “favorito” obteve êxito; lembram?

2) A dita “aliança” não passará de “abraços de afogados”:

3) É, pois, exatamente CONTRA esse insidioso, sórdido e criminoso JOGO que o povo abomina, repudia e recrimina, e o “novo” ou “novidade” são integrados por velhas aves-de-rapina travestidos em outras vestes!
O dito eleitorado, ainda atônito, estupefato e abismado ou assombrado com uma “aliança” entre os “traídos” com os pérfidos, abomináveis e falsos “traidores golpistas”? – Só aceitável pelos “socialistas sinceros”!

4) O eleitorado sempre foi, é e será o mesmo, mas, infelizmente e a bem da verdade verídica, veraz e real, na prática, jamais definiu nada nem coisa alguma: “Voto nada decide; quem conta os votos tudo decide” (Stalin) – Dias contou, e eLLa venceu; mas...
Aliás, voto e eleição é o engodo ardiloso, nefasto, funesto e nefando, para passar a ideia de que vivemos numa democracia, que é essencial ao comunismo em que vivemos desde a debacle redemocratização; ou não? A ver: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/09/inalteradas-mudancas-para-manter-o.html.
Entrementes, há uma réstia de esperança de que o eleitorado seja mesmo o protagonista: se o voto for impresso, ainda que nessas mesmas “seguras, invioláveis e invulneráveis urnas digitais-eletrônicas, da venezuelana Smartmatic, de George Soros”, como já averbamos: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/11/so-eleitorado-medio-mudara-esse-status.html;
Enfim, afora isso e disso, tudo não passará de mais um logro; claro! E, assim e desse modo, o “favorito” logre êxito!
Ademais, já dissemos, repetimos, reiteramos e replicamos, somente a INTERVENÇÃO MARCIAL CASTRENSE FEDERALIZADA, limitada, temporária e provisória, para implantação de uma devida, imediata e justa CORTE MARCIAL, para apuração, julgamento, condenação, cassação, repatriação e expropriação de tudo que amealharam ilegítima, ilícita e ilegalmente, com eleições gerais de votos impressos, em até 180 dias, ou transparente governo castrense intervencionista por dois anos, no mínimo, de um triunvirato militar, para devolver o Brasil aos brasileiros e às brasileiras decentes, dignos, honestos, honrados e abnegados trabalhadores!
Abr
*JG

P.S.: Optar por voto ao “favorito” é mais que apologia ao crime e ao criminoso condenado!



sexta-feira, 17 de novembro de 2017

CONTESTANDO, OBJURGANDO, REPROCHANDO E CONTRAPONDO ÀS MITOMANIAS DE UMA CARPIDEIRA ESCARLATE FALAZ, LOQUAZ, MENDAZ E MORDAZ

Joilson Gouveia*

O texto adiante e abaixo transcrito, que me foi enviado pelo WhatsApp por renitente, recalcitrante, teimoso e “socialista sincero” – aquele definido por Nelson Rodrigues – um inocente-útil da linha-de-frente consoante vaticinara o escólio leninista que apregoava o ódio como essência do comunismo e useiro e vezeiro da máxima: “acuse-o do que és e do que praticas”; lança um “questionamento” temendo uma “vitória da direita” – que direita? Há partidos de direita e à Direita, no Brasil, dentre os 35 existentes, todos sendo partidos ou agremiações político-partidárias de matizes, cores e bandeiras socialistas/comunistas/marxistas/leninistas/stalinistas/gramscistas/troskistas ou Fabianistas? Senão vejamos!
E SE A DIREITA VENCER?
E se a direita vencer todos os pleitos eleitorais de 2018? E se ela conseguisse colocar Lula na cadeia e criminalizasse o PT e todos os partidos de esquerda? Não é esse o sonho do mercado e da elite tupiniquim?
Insisto: quem é a Direita brasileira?
Aliás, quem porá o escarlate alarife, finório, patife e icnêumone peludo no xilindró será a Justiça a quo (já que “as altas cortes estão totalmente acovardadas” (Sic.), nas bravatas da asquerosa jararaca) em face de robustas denúncias em seus processos-crimes, inclusive já condenado e réu: 9 anos e 6 meses;
Pois então, façamos um pequeno passeio pelo sonho do mercado e das elites que comandam hoje o país e vejamos o que ele teria para oferecer ao povo brasileiro…
As “elites que comandam hoje o país” são as mesmas que alçaram ao Poder, desde a debacle redemocratização, nesses trinta e dois anos de desastrosos, depravados, desbragados e desairosos desgovernos escarlates; ou não?
Em primeiro lugar, teríamos uma radical reforma previdenciária para “modernizar” o país. Afinal, o que são - para a direita - aqueles que não conseguem os benefícios da aposentadoria privada? São vagabundos que não tiveram o mérito de poupar dinheiro ou ex-parasitas oriundos do funcionalismo público e que mamavam nas tetas do Estado...
Ora, ora, pois, pois, desde o ilustre fabianista professor de Sorbonne que os escarlates são useiros e vezeiros na mesma verve de “reformas previdenciária e trabalhistas”, as quais o “criador e sua criatura” tentaram impor goela abaixo na PEC/241, de Joaquim Levy, Nelson Barbosa e, também, de Henrique Meirelles, que desde FHC sobrevoa o primeiro escalão econômico desses desgovernos! A ver: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/05/acordadas-reformas-adrede-urdidas-desde.html
Que trabalhador consegue uma aposentadoria privada de mais e R$ 9.000.000,00 – Nove milhões de reais, de PGBL?
Os direitos trabalhistas virariam uma miragem e apenas a livre negociação reinaria. “Nada mais justo”, pensariam os liberais seguidores de Dória e companhia. Sindicatos, considerados um insulto ao espírito empreendedor, morreriam de inanição.
Desde quando o comunista/socialista/fabianista João Dória é liberal?
Os sindicatos estão em polvorosa com o corte da contribuição sindical, que será facultativa como determina a CF/88: “XVII - é plena a liberdade de associação para fins lícitos, vedada a de caráter paramilitar”; e “XX - ninguém poderá ser compelido a associar-se ou a permanecer associado; pois já anunciado e aprovado o fim da contribuição sindical obrigatória dos mais de 17.700 sindicatos ou sucursais petralhistas; ou não?
E assim iniciaríamos o país onde os justos patrões dão o justo salário aos bons trabalhadores.
Ora, ora, não é exatamente isso que pregam os socialistas/comunistas: “uma sociedade mais justa, solidária e fraterna”; mas que nunca conseguiram implementar! (?)
Prometeram 10 milhões de empregos e deixaram o país com mais de 14,3 milhões de desempregados ou demitidos somente no último lustro. Patifes!
Ademais, somente os bons e melhores trabalhadores devem ser merecidamente muito bem remunerados; ou não?
Serviço público? Para que e para quem? Para que ter saúde pública se a privada é melhor? Teríamos o fim da “injustiça” de se cobrar impostos daqueles que cuidam de sua saúde em benefício dos ignóbeis que se estropiam devido aos vícios e maus hábitos...
Serviço público? Isso é coisa do passado quando éramos e fomos felizes, de 1964 a 1985, após da redemocratização o que se viu e se tem visto é “criador e criatura” e de seus séquitos e alimárias se socorrerem nos “Einstein” e “Sírio-Libanês”, nenhum seguiu “Hugo Chaves, para se curar na maior e melhor medicina do mundo”, na progressista, proficiente e profícua Cuba – nenhum deLLes acorre aos SUS! Este virou um pretexto para conluios, negociatas, mamatas e maracutaias desses desgovernos escarlates. A lembrar do “Mais Médico”, que escraviza os médicos e enviam à Cuba dois terços dos salários dos escravos cubanos; ou não?
E a mesma lógica seria aplicada para a educação, para o transporte e para qualquer outra coisa que hoje é pública e que a direita deseja colocar nas mãos do mercado privado…
Insisto: quem é a Direita e quem é a Elite senão aqueles mesmos escarlates, que estão no Poder, há 32 nos! (?)
Aqueles que querem estudar, que paguem. Aqueles que querem mais conforto, que poupe dinheiro para comprar um carro. E aqueles que não tem dinheiro, que trabalhem mais!
Afinal, para a elite o pobre só é pobre porque é pobre de espírito. É porco, é vagabundo, é sujo, é irresponsável, é ignorante, é devasso, é bebum… Sua família é um bando... uma verdadeira “ninhada” fruto da irresponsabilidade sexual de pais e mães que se reproduzem como os bichos…
Se a direita ganhasse, teríamos finalmente um país sem aquilo que a elite mais detesta nesse mundo - o povo brasileiro.
Ora, pois, estão há 32 anos no comando do país e o legado é a “pátria educadora”! Aparelharam e custearam as universidades públicas, o ensino superior e do terceiro grau, para que “os pensadores-críticos” e “falantes” da elite escarlate se refestelassem e se empanturrassem com verbas públicas para doutrinar os incautos, ignaros universitários inocentes-úteis da linha-de-frente de ignominiosa ideologia de gênero; ou não?
Que brasileiro prefere a esquerda esquerdista e à Esquerda? Aos que rasgam, espezinham, pisoteiam, defecam, urinam e queimam nossa Bandeira Nacional e desfraldam uma de estrela vermelha com “foice&martelo”?
Que se encerrem as cotas que beneficiam apenas a escória! Que se acabe com a bolsa família que estimula a vagabundagem! E o que é esse programa “Minha Casa, Minha Vida” senão um grande cortiço, dado praticamente de graça, para essa gente feia e pequena?
Outro não é que não o sonho anelado de esquerdistas de esquerda e à Esquerda: “mantê-los com as migalhas doadas e dadas pelos poderosos samaritanos escarlates”; no curral famélico – ver o escólio leninista no final deste texto.
O Brasil seria finalmente uma “casa limpa e arrumada”. A ordem e a moral acabariam com a “devassidão esquerdista”. “Castração química para homossexuais!” “Censura para tudo o que é indecente!” “Paulada nos insatisfeitos!” “Forca para os criminosos!” 
Pois é… a direita é sobretudo o ódio que se alimenta de seu próprio ódio…
E de onde vem tanto ódio?
Vem de longe... Vejamos...
Ora, desde quando a casa de pobre tem que ser suja, fétida e desarrumada?
Acabar com devassidão (e não só esquerdista) é o desejo de quaisquer nações que se prezem. A castração química seria (e deverá ser) aplicável aos reincidentes estupradores, mas os esquerdistas de esquerda e à Esquerda não querem aprovar, bem como também são CONTRAS à redução da maioridade penal que 93% da população brasileira deseja e é favorável.
Criminosos hão de sentir à força e ao poder do castigo, em forma de pena legal, e nunca ser indenizado ou remunerado por ser criminoso; como é-o atualmente, desde a ascensão escarlate; ou não?
Ódio? Esse é o fundamento básico, elementar e essencial de esquerdistas de esquerda e à Esquerda: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/05/odio-e-violencia-sao-imanentes-aos.html.
O cínico ainda indaga: “e de onde vem tanto ódio” e responde que vem de longe; é fato! Vem de longe e de há muito tempo: de mais de cem anos, a saber:
Eis o dogma: “Precisamos odiar. O ódio é a base do comunismo. As crianças devem ser ensinadas a odiar seus pais se eles não são comunistas” -Lénin. https://www.pensador.com/frase/MTQ4MjE5Nw/ - Na íntegra in http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/10/seriam-tais-haters-os-socialistas.html
E digo muito mais ainda: os socialistas são artífices do MAL, a saber: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/04/socialistas-sao-meros-artifices-do-mal.html
Caso singular na História, a elite brasileira é a única que se envergonha de seu país e tem ódio do seu próprio povo.
Sempre foi assim
Insisto: “quem é essa elite que tanto retratas, conheces e sabes até de seus pensamentos? – “Quem disso trata disso cuida” (Sigmund)
Até o século XVIII, as elites se envergonhavam de sua origem negra e indígena. Seu sonho era voltar para Portugal… Mas em Portugal essa elite era considerada mestiça e desterrada… em Lisboa eram vistas como "dejetos endinheirados"… 
E por isso eram cuspidas de volta para o Brasil… 
Aqui possuíam suas terras e tiravam sua renda. Para além disso, aqui podiam expurgar sua frustração de serem rejeitadas na metrópole… Tinham a mão pesada com os negros e os índios. E dessa violência uma multidão de mulheres negras e indígenas pariu uma nação de filhos bastardos, indesejados e desvalidos.
Por isso, a negação da brasilidade das elites é mais que um gesto de anti-patriotismo, é uma negação de paternidade… Uma tentativa de se eximir das responsabilidades dos filhos que elas mesmos geraram, fora do casamento, “na cozinha”, “no mato”, “no cabaré”, quase sempre pelo uso da força…
No século XIX, a elite brasileira quis se tornar francesa… E isso durou até o início da República… Trazia pesados casacos do rigoroso inverno europeu para exibí-los no verão carioca… 
E ainda naquele século, promoveram a primeira grande tentativa de exterminar com a nossa brasilidade, dando generosos incentivos para os europeus trabalharem e conseguirem terras no país.
É típico de esquerdistas de esquerda e à Esquerda: tentam resgatar 500 anos de passado contando “sua história” ou “culpar os antepassados”, olvidando os trinta e dois anos recentes que estão no Poder e nada fizeram senão “desviar, doar e emprestar nosso Erário” aos camaradas, companheiros e comparsas escarlates doutros países escarlates e tiranias vermelhas africanas, além de perdoar os mesmos caloteiros e tornarem a emprestar.
A nossa grande onda imigratória foi o reverso daquela ocorrida nos EUA. Ali os imigrantes receberam cidadania com a contrapartida de lutarem contra a escravidão e pela unificação de um país dividido pela guerra civil. 
Aqui os imigrantes receberam a cidadania para consolidar a exclusão social da maioria dos trabalhadores brasileiros (ex- escravos negros) e dividir o país entre os “civilizados” europeus e os “incorrigíveis” brasileiros…
E por fim chegamos nos dias atuais quando a nossa elite brasileira sonha em virar norte-americana… Continua se rebaixando a um país estrangeiro em detrimento do seu próprio país, como sempre fez...
O homo lusco se ajoelhou diante de Hugo Chaves e Fidel castro; lembram?
Não se importa em ficar - feito gado - horas a fio numa imensa fila para tirar um “visto” de turista para visitar a Disneylândia… E já no aeroporto descobre que não é bem vinda… pois é latina americana…
Quem mais tem ido aos EUA (e na primeira classe) senão os escarlates esquerdistas de esquerda e à Esquerda, por conta do nosso Erário espoliado, aviltado e achacado?
Novamente ela é cuspida de volta para o Brasil… E aos prantos se despede do Mickey e do Pateta… Entra raivosa na nossa pátria, lamentando ser brasileira... 
Ela sempre quis ser de outro país, mas nunca se esforçou em criar um país melhor… 
Pois a rigor, nossa elite nunca teve um plano de governo, um plano de país... apenas se limitou a ter um plano de família. E o plano sempre foi deixar o país...
Isso é coisa de esquerdistas de esquerda e à Esquerda: sempre se autoproclamaram exilados, evadiram e se homiziaram em e para países outros que não de regimes socialistas/comunistas, desde 1964; ou não?
Na impossibilidade de deixá-lo, quer vendê-lo barato para os estrangeiros (preferencialmente os norte-americanos). Talvez tenha a ilusão burlesca de que possa vir a ganhar a cidadania americana, se leiloar todas as nossas riquezas…
E essa elite se representa por uma direita que quer exterminar - com todas as forças - um povo que, de secular tradição, ela sempre detestou. 
Por isso a vitória da direita é a derrota do povo brasileiro. Por isso o nosso judiciário precisa tratar as lideranças da esquerda como bandidos... Como gente imprestável… Uma gente que ousou um dia tentar vangloriar o Brasil com o slogan, “Sou brasileiro, não desisto nunca!”.
Sim. O Brasil viveu uma época singular em que o povo tentou se olhar com um pouco mais de dignidade e amor próprio. E essa felicidade tinha que ser violentada por uma elite que quer provar que somos os piores em tudo. Que precisa mostrar a todos nós que não há no mundo um povo tão corrupto e imprestável.
A ver: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/10/a-burguesia-tupiniquim-e-escarlate.html Corruptos e imprestáveis são todos os escarlates. Mormente os envolvidos no mensalão, PTrolão e nos outros mais que virão; claro!!
Obviamente que o ódio é semeado também para que a miséria imposta ao povo seja considerada justa. O sistema político e o poder judiciário estão nas mãos da direita para criar um verdadeiro estado de terra arrasada. Querem matar qualquer esperança de cada brasileiro de um dia viver em um país melhor, pois isso é inconcebível para a elite brasileira.
Hipócritas! O “sistema político e o poder judiciário” estão em mãos escarlates há mais de 32 anos! Canalhas!
E qual seria o fim disso? Simples: o fim do próprio Brasil. A vitória da direita é, em síntese, a decretação de nossa fragmentação territorial, a total perda de nossa soberania e a instauração da barbárie a níveis estratosféricos. 
Ela vence, o país acaba.
Sei! Oxalá! Tivéssemos mesmo uma direita e à Direita tal e qual à dos EUA, que vociferavam que uma vez eleito Donald Trump seria o FIM, no entanto...
Por isso é importante alertar que uma batalha decisiva está por vir em 2018. Com Lula ou sem Lula, é preciso defender - nas urnas e nas ruas - o Brasil do perigo de seu próprio extermínio. 
A direita tem apenas o ódio. Mas o ódio ganha votos até certo ponto. Pois o povo não consegue compartilhar de um ódio tão grande, com raízes tão profundas e contra ele próprio... 
Por isso, com medo de que o povo a rejeite nas urnas, a direita quer liquidar com a democracia e com o presidencialismo no Brasil antes de 2018…
Sei! Desde a “queda sem coice” daquela “criatura” que tentam o engodo de “eleições diretas, já”!
Saber o que está em jogo é a condição fundamental para vencê-lo. E cabe a cada um de nós, que estamos do lado do Brasil, lutarmos contra as hordas da direita, financiada por uma elite que odeia o nosso país, mais do que qualquer estrangeiro.
Não podemos duvidar, enfim, que a solução para o Brasil está e surgirá das mãos do seu próprio povo. Por mais que o concreto de ódio das elites tente sufocar toda uma nação, sempre teremos a força para vencê-lo. 
Como já disse um dia nosso maior poeta, “Mas eis que o labirinto - razão e mistério - presto se desata: Em verde, sozinha, anti-euclidiana, uma orquídea forma-se.” E ela nasce... vencendo o ódio, o medo e o concreto...
Enfim, urge indagar o porquê de tanto receio que uma odienta, odiosa, iracunda (ainda que ausente e inexistente) direita e à Direita chegue ao Poder, através de eleições nessas mesmas “seguras, invioláveis e invulneráveis urnas eletrônicas digitais, da venezuelana Smartmatic, de George Soros”, que sempre tem dado a “vitória” aos mesmos esquerdistas de esquerda e à Esquerda de sempre, desde o “foro de São Paulo/1990”, e todas as pesquisas apontam o “vivalma mais ONESTA” do mundo como preferido das intenções de votos, podendo nem haver segundo turno? É estranho, no mínimo; ou não?
Entrementes, a bem da verdade, eLLes já perceberam que essas pesquisas são mais um logro e ardil enganador, e que as enquetes das mídias e “News” e, sobretudo, as redes sociais têm acenado “para endireitar o país” e apelado para a urgente solução: INTERVENÇÃO MARCIAL CASTRENSE FEDERALIZADA; como temos dito, repetido, reiterado e replicado em osso blog, a saber: http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/11/o-icneumone-jaz-so-falta-sepultar-ou.html, dentre tantos outros textos.
Abr

*JG